27 de abril de 2010

DIA DA MÃE



História do Dia das Mães
As mais antigas celebrações do Dia da Mãe remontam às comemorações primaveris da Grécia Antiga, em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses. Em Roma, as festas comemorativas do Dia da Mãe eram dedicadas a Cybele, a Mãe dos Deuses romanos, e as cerimónias em sua homenagem começaram por volta de 250 anos antes do nascimento de Cristo.
Durante o século XVII, a Inglaterra celebrava no 4º Domingo de Quaresma (40 dias antes da Páscoa) um dia chamado “Domingo da Mãe”, que pretendia homenagear todas as mães inglesas. Neste período, a maior parte da classe baixa inglesa trabalhava longe de casa e vivia com os patrões. No Domingo da Mãe, os servos tinham um dia de folga e eram encorajados a regressar a casa e passar esse dia com a sua mãe. Em Portugal, o Dia da Mãe era festejado a 8 de Dezembro, mas actualmente é comemorado no primeiro Domingo de Maio.
Em Portugal, o Dia da Mãe era festejado a 8 de Dezembro, mas actualmente é comemorado no primeiro Domingo de Maio.


DIA DA MÃE NO MUNDO


2º domingo de Maio – Estados Unidos, Brasil, Dinamarca, Finlândia, Japão, Turquia, Itália, Austrália e Bélgica

2º domingo de Fevereiro – Noruega

2º domingo de Outubro – Argentina

2º dia da Primavera – Líbano

1º domingo de Maio - Portugal

10 de Maio – México

8 de Dezembro – Espanha

Último domingo de Maio – Suécia

4º domingo da Quaresma – Inglaterra

COMEMORAÇÃO DO 25 DE ABRIL

Para comemorar O Dia da Liberdade, preparámos uns bonecos como se fossem fantoches e trabalhámos com eles a aula de história que já publicámos. Ilustrámos partes da história do 25 de Abril, lemos bonitas poesias e vimos vários powerpoints alusivos a esta importante data da história do nosso país. Estas actividades culminaram com o entoar de canções, acompanhadas à viola pelo Professor Fernando Martins.
video

22 de abril de 2010

UMA AULA - O 25 DE ABRIL

DIA DA TERRA



Vamos tratar muito bem do nosso Planeta pois, “É de pequenino que se torce o pepino”.
É necessário ensinar as pessoas de todos os países do Mundo a cuidar do nosso planeta como se fosse uma flor.
Para que não fique doente, temos de:
poupar a água;
não poluir o solo, a água e o ar;
fazer a separação do lixo;
reciclar tudo o que for possível;
não destruir as florestas;
não cortar árvores desnecessariamente;
evitar os incêndios;
usar as energias alternativas: solar, eólica…
evitar os insecticidas, pesticidas, spray;
não destruir o habitat natural de cada ser vivo…
22 de Abril de 2010

20 de abril de 2010

O HINO NACIONAL




A Portuguesa

Heróis do mar, nobre povo,
Nação valente, imortal,
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria, sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitória!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Letra - Henrique Lopes Mendonça

Música – Alfredo Keil


5 de abril de 2010

ENCERRAMENTO DO 2º PERÍODO







Para além de outras actividades, no último dia de aulas deste período, tomámos o nosso chá e deliciámo-nos com uma boa fatia de bolo /pão-de-ló enrolado e recheado com chocolate.

Tal como já anteriormente tínhamos combinado, o chá foi de cidreira, muito bom para ajudar o sistema digestivo.

Também houve distribuição de amêndoas, uma guloseima da Páscoa.

Agora, é preciso cuidar bem dos dentes e, boas férias para todos.

A PRIMAVERA / PÁSCOA







Para festejar esta época do ano, fizemos actividades de expressão plástica muito bonitas:
pintámos desenhos;
fizemos e recortámos elementos para o nosso painel;
pintámos ovos verdadeiros;
fizemos coelhos para o mobil...

Vejam como ficou bonita e colorida, a nossa escola.

2 de abril de 2010

PNL - A REVOLTA DOS ALFINETES

Fizemos a leitura do livro "A Revolta Dos Alfinetes", a caixa de costura do palácio real. Explorámos a capa do livro, identificámos o autor,o ilustrador, a editora... Fizemos a ficha de registo com estes dados. Tentámos imaginar como seriam os alfinetes e porque se estariam a revoltar. Também fizemos o resumo da obra e escolhemos algumas cenas para ilustrar. A história é muito bonita e nós fizemos estes trabalhos com muita alegria. RESUMO No Castelo da Caixa de Costura, há uma grande festa para os reis e seu povo. Mas, a festa termina quando o Ministro das Finanças anuncia um novo imposto para a compra de tinta doirada, para a Rainha Dona Agulha. Todos pensam em revoltar-se no feriado mais próximo do dia do aniversário da Rainha. Entretanto, o rei D. Dedal I,ordena aos seus sábios que encontrem uma solução. E eles assim o fizeram. Chegado o dia do aniversário da Rainha, apesar das contestações, a revolução não chega a acontecer pois, quando a Rainha aparece doirada, todos ficam espantados e, contentes, gritam vivas de alegria e ficam mais eufóricos ainda, quando é anunciado que não serão cobrados mais impostos.
videoA HISTÓRIA É MESMO MUITO BONITA.

1 de abril de 2010

DIA MUNDIAL DA ÁGUA





Para comemorar o DIA MUNDIAL DA ÁGUA, tivemos na nossa turma a professora de Ciências Físico-Químicas, mãe de dois alunos do 1º ano, da nossa escola.
Fizeram-se muitas experiências divertidas com a água.
O chuveiro - a água não sai da garrafa furada enquanto não se tirar a tampa porque falta a pressão do ar sobre a água.

O tornado - a água passa de uma garrafa para a outra devagar, se fizermos tudo de maneira normal mas, se agitarmos a água, de forma circular, quando as desviramos, a água passa muito depressa porque no meio se forma um funil de passagem de ar e a água pode passar muito mais depressa.

Esfregámos um balão numa camisola e produzimos electricidade estática. Aproximou-se o balão do nosso cabelo e ele ficava todo no ar.Também encostámos o balão e vimos que a água que saía da garrafa se afastava do balão porque a água também tem desta electricidade.
A experiência para ver a densidade de alguns líquidos, foi muito engraçada. A Professora Elsa usou água, óleo alimentar e mel.
Os mais densos "pesados" ficam no fundo e os menos leves vão para cima.
Assim, no frasco de vidro, o que ficou no fundo foi o mel, depois ficou a água e no cimo de tudo ficou o óleo alimentar.
Ainda fizemos a experiência do mergulhador (submarino) e da refracção da luz na água.
Pudemos experimentar e meter mãos na água como nós tanto gostamos.
Apredemos muitas coisas novas.


Muito obrigada à Professora Elsa.