8 de dezembro de 2010

PROJECTO PASSE - ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL



OS OLHOS TAMBÉM COMEM




Na 2ª feira, realizámos mais uma das actividades propostas no Projecto PASSE.
O objectivo primordial de “Os Olhos Também Comem” é o incentivo à diversidade alimentar através de diferentes formas de apresentação dos alimentos.
Esta tarefa teve várias etapas:
1º- Conversação/debate sobre a importância do aspecto visual da disposição/apresentação dos alimentos;
2º- Observação de imagens de variados pratos/travessas e a opinião dos alunos sobre os mesmos;
3º- Distribuição dos alunos por grupos.
Cada grupo escolheu alguns alimentos (imagens) para com eles criarem a sua refeição.
Prepararam-se ementas saudáveis e agradáveis à vista;
4º- Finalizou-se a actividade com um debate sobre a forma mais atraente de apresentar alimentos promotores de saúde e aos quais fazemos, às vezes, alguma rejeição.

5 de dezembro de 2010



Mande para um Amigo


Calendarização:

Língua Portuguesa - 6 de Dezembro;
Matemática - 9 de Dezembro;
Estudo do Meio - 10 de Dezembro.


Aproveitem o tempo que ainda falta e dediquem-se ao estudo.
BOA SORTE!

1 de dezembro de 2010

A FÁBRICA DOS BRINQUEDOS




Há muito, muito tempo, viveu um homem muito grande e forte mas também muito velhinho. As barbas brancas quase lhe tocavam no peito e o seu cabelo comprido estava em desalinho. Um dia, Nicolau - assim se chamava ele - sentou-se ao pé da janela a meditar. A certa altura, olhou através da vidraça: lá fora nevava. Era Inverno! Os vários pinheiros do seu jardim estavam cobertos de um manto espesso e branco. Porém, umas pegadas na neve despertaram-lhe a atenção. Um pouco mais adiante, estava um mendigo. Esse pobre homem, que era um sem-abrigo, estava mal agasalhado, descalço e sozinho. Noel, que tinha um coração de ouro, abriu a janela e chamou-o:- Vem cá, homem! Onde é a tua casa?
- Ah! A minha casa?! Eu não tenho casa.
- E a tua família?- Oh! Esses…nunca os conheci. Vivia com a minha avó, mas ontem ela morreu, não aguentou o frio deste Inverno…- Meu Deus! Mas, que vida tão triste a tua! E agora?! Com quem vives? Sozinho?- Sim, agora vivo sozinho.- Mas… e ... e não tens frio, mal agasalhado e descalço? Bem que precisas de um par de sapatos, de uma camisola e de um casaco! Vou pedir à minha mulher que te faça uma camisola e vou fazer-te eu próprio um par de sapatos! E sabes que mais? Se quiseres colaborar comigo!- Oh! Muito obrigado, senhor. Que devo fazer para colaborar consigo?- Eu vou explicar tudo: a minha mulher andava a dizer-me que eu precisava de um trabalho para me entreter. Eu fiquei um bocado confuso: como poderia eu arranjar um emprego de um dia para o outro? E então, quando te vi, lembrei-me imediatamente de um bom passatempo para nós os dois! E até fazíamos uma boa acção e tudo! A minha ideia era construirmos uma fábrica de brinquedos onde trabalharíamos todo o ano para obtermos os melhores e mais bonitos presentes para oferecermos aos meninos bem comportados no final do ano. Podíamos também dar um nome à data de entregar as prendas. Hummm, pode ser NATAL, em honra da minha mulher Natália. - O senhor, isto é, o Nicolau tem ideias fabulosas! Para mim o senhor é um verdadeiro santo! - Oh! Oh! Oh! Não sou nada! Sou apenas o Pai Natal! É um bom nome para quem inventa o NATAL! No NATAL, todas as prendas devem estar prontas. Treinarei as minhas renas para grandes viagens, prepararei o meu trenó e… já me estou a ver a cruzar os céus!!!!! Só tu poderás estar comigo no trenó, para levares o saco com as prendas! - Mas, Pai Natal, quando é que vai ser o NATAL? - Oh! Meu Deus! Não tinha pensado nisso! Mas, até pode ser no dia em que nasceu Jesus! Ele ficaria orgulhoso de nós! Portanto o NATAL é no dia 25 de Dezembro! É verdade, como te chamas meu amigo? - Chamo-me Cristóvão. - Muito bem, Cristóvão, vamos já contar tudo à minha mulher! Natália ficou encantada com a ideia do marido e prontificou-se logo a chamar todos os duendes empregados para ajudarem na construção da fábrica. Estes adoraram a ideia de passar a trabalhar numa fábrica e empenharam-se mais que nunca na sua construção. Em menos de cinco dias a fábrica estava pronta! Naquele ano todos os duendes tiveram de trabalhar em velocidade máxima, pois o NATAL estava à porta! Todos os dias a fábrica de brinquedos do Pai Natal recebia dezenas de cartas de todos os meninos e meninas do mundo, a encomendarem os seus presentes de NATAL. A todas as cartas o Pai Natal respondia dizendo que se portassem bem. E o prometido é devido: os duendes carregaram as prendas até ao trenó e Cristóvão pô-las no grande saco do Pai Natal.À meia-noite em ponto, o trenó cruzava o céu puxado pelas renas, carregando o saco dos presentes, o Pai Natal, e, claro, Cristóvão!Ainda hoje, sempre que é a noite de Natal, podemos ver o grande trenó com o Pai Natal e Cristóvão, se olharmos para o céu à meia-noite em ponto …
Com esta história pedemos alimentar o sonho das crianças. Afinal, o Pai Natal existe e à meia noite em ponto devemos olhar todos para o céu, pois ele passará em nossas casas, para desejar um Feliz Natal.

30 de novembro de 2010

DIA NACIONAL DA CULTURA CIENTÍFICA



Este dia foi assinalado na nossa escola com a ajuda importantíssima da Professora de Ciências Físico-Químicas Elsa Oliveira.
Assistimos a experiências muito divertidas e ficámos a perceber porque acontecem determinados fenómenos. Ficámos encantados.
Agradecemos a colaboração da Professora Elsa.

24 de novembro de 2010

NOVEMBRO E OS SEUS PROVÉRBIOS


Trabalho de pesquisa


v Trinta dias tem Novembro, Abril, Junho e Setembro. De vinte e oito só há um e os restantes têm trinta e um.
v Cava fundo em Novembro, para plantares em Janeiro.
v Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-emos pelo S. Martinho.
v Do S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o bordal.
v Pelos Santos, neve nos campos.
v Novembro à porta, gado na horta.
v Se queres pasmar teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
v Novembro, põe tudo a secar, pode o sol não tornar.
v Dos Santos ao natal, Inverno natural.
v Em Novembro, pelo S. Martinho, lume, castanhas e vinho
v No dia de S. Martinho, pinta a cara ao teu vizinho.
v Em dia de S. Martinho, mata o teu porco e bebe teu vinho.
v No dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
v Em dia de S. Martinho, vai à adega e prova o vinho.
v Pelo S. Martinho, semeia fava e linho.
v Pelo S. Martinho, mata o teu porquinho e semeia o cebolinho.


19 de novembro de 2010

PROJECTO PASSE - ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
















PROJECTO PASSE

Projecto PASSE – Programa Alimentação Saudável em Saúde Escolar.

No dia 17 realizámos o jogo "Juntos com os Conjuntos de Fruta" cujo objectivo principal é incentivar aos bons hábitos alimentareso incentivo à diversidade alimentar da fatia das frutas da Roda dos Alimentos.

De início identificámos as preferências dos alunos e fizemos o levantamento de frutas conhecidas:
pêssego - maçã - ameixa - banana - abacate – laranja - cereja – romã - tangerina - pêra - dióspiro - melão - melancia - maracujá - ananás – papaia - abacaxi - manga - kiwi - morango - framboesa - amora - figo - uvas – coco - meloa - castanha - noz - avelã - feijoca – mirtilos. Identificar as preferências alimentar dos alunos
De seguida,preparámos o material necessário, os frutos (desenhámos, pintámos e recortámos). Depois, com os nossos "saborosos frutos", preparámos diversas saladas, agrupando-os por cores, textura e diferentes sabores.
Falámos da necesssidade de ingerirmos pelo menos 3 peças de fruta por dia e ainda dos componentes de alguns frutos.

Lembrámos que é necessário diversificar o tipo de fruta que comemos.

Foi uma actividade saborosa à vista e muito instrutiva.

13 de novembro de 2010

ESCRITA DIVERTIDA

RIMAS A BRINCAR

Que está na varanda?
Um cavalo com uma banda.
Que está na janela?
Um burro a pedir canela.
Que está no poço?
Um galo a comer um osso.
Que está na pia?
Uma grande padaria.
Que está no fogão?
Um vermelho coração.
Que está no telhado?
Um carneiro malhado.
Que está no armário?
Um mostro cor de canário.
Que está na chaminé?
Um chimpanzé a roer o pé.
Que está na sanita?
Uma batata frita.
Que está no ninho?
Um vermelho gatinho.
Que está no prado?
Um peixe marado.
Que está na escola?
Uma banana de Angola.
Que está na missa?
Um dinossauro com preguiça.
Que está na maçã?
Uma minhoca alemã.
Que está em Macinhata?
Uma escola a criar uma gata.


Os alunos do 3º e 4º anos

6 de novembro de 2010

UM MAGUSTO ANTECIPADO








Há já vários anos que a Junta de Freguesia de S. Pedro de Castelões, organiza a Feira da castanha. Esta feira existe porque na freguesia há muitos soutos e por isso se produzem muitas castanhas.
Nessa feira, além das castanhas, também se vendem outros produtos regionais: azeite, vinhos, enchidos, mel, doçaria tradicional…
As pessoas da freguesia expõem e vendem o seu artesanato: tapetes e mantas, cestos, bordados, esculturas, pinturas…
Há palestras e divertimentos e ainda as tasquinhas.
Para iniciar a Feira da castanha, nós fomos presenteados com um magusto. Foi um magusto para todos os alunos dos Jardins de Infância e das Escolas do 1º ciclo da freguesia.
As castanhas estavam quentinhas e o cheiro a castanhas assadas sentia-se no ar. Eram deliciosas e saborosíssimas. Eram as verdadeiras castanhas de Castelões, acompanhadas de um sumo bem fresquinho.
Fomos ver a exposição dos trabalhos feitos nas escolas. O nosso mostrava o vendedor de castanhas com o seu carrinho num parque muito outonado. Usámos papel de jornal e as páginas amarelas das listas telefónicas além de folhas de árvore.
Divertimo-nos bastante. O tempo soalheiro ajudou às nossas brincadeiras.
Foi uma manhã muito gostosa, movimentada e diferente.
Agradecemos à Junta de Freguesia o transporte e as deliciosas castanhas.

ANIVERSARIANTES DE NOVEMBRO




Aos alunos da nossa turma que fazem anos durante o mês de Novembro e que são o FANCISCO e o NELSON, damos os nossos parabéns.

30 de outubro de 2010

DIA DAS BRUXAS





Introdução

O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todos os anos no dia 31 de Outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.

História do Dia das Bruxas

A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de Outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objectos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas, entre outros.
Por ser uma festa pagã, foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de Novembro).

Símbolos e Tradições

Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.
As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de Outubro, com sacos cheios de guloseimas, rebuçados, chocolates e doces.

DIA DAS BRUXAS NA NOSSA TURMA

Na nossa turma, procurámos dados sobre a comemoração do Dia das Bruxas e além de estarmos fantasiados a rigor e de forma bem divertida,pintámos imagens alusivas a este dia e também nos divertimos a preparar uma abóbora.

OUTUBRO E OS SEUS PROVÉRBIOS

TRABALHO DE PESQUISA COLECTIVA

 Em Outubro… pega tudo;
 Em Outubro…fogo ao rubro;
 Outubro lavrar, Novembro semear, Dezembro nascer;
 Com o vinho em Outubro, come a cabra, engorda o boi e ganha o dono;
 Outubro quente, traz o diabo no ventre;
 Em Outubro… não fies só a lã; recolhe o teu milho e feijão, senão de Inverno tens a tua barriga em vão;
 Outubro a chegar e o Dia das Bruxas irá assustar;
 Outubro suão, negaças de Verão;
 Outubro meio chuvoso torna o lavrador venturoso;
 Logo que Outubro venha, procura a lenha;
 Em Outubro… o lume já é amigo;
 Outubro… recolhe tudo;
 Quando Outubro for erveiro, guarda para Março o palheiro;
 Em Outubro… seca tudo;
 Outubro o colher, centeio a nascer;
 Em Outubro… sê prudente, guarda o pão e guarda a semente;
 Em Outubro… no S. Simão, favas no chão;
 Em Outubro… centeio ruivo;
 Se em Outubro demorares a terra a lavrar, pouco hás-de enceleirar;
 Andar, marinheiro, andar, não te apanhe o S. Simão no mar;
 Se em Outubro te sentires gelado, lembra-te do gado;
 Em Outubro, no S. Simão, semear sim, navegar não;
 No Outono… o Sol tem sono;
 Em Outubro, semeia e cria e terás alegria;
 Em Outubro, ou secam as fontes ou passam os rios por cima das pontes.

Recorremos a fontes orais e documentais

28 de outubro de 2010

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO

O dia da alimentação comemora-se a 16 de Outubro que este ano concidiu com um sábado. Assim, na nossa escola decidiu-se realizar a Semana da Alimentação de 18 a 22 de Outubro.
As actividades programadas para esta semana foram as seguintes:
-visualização de PowerPoints com a alimentação;
-acção de sensibilização sobre a Alimentação Saudável e Higiene oral, pelo Centro de Saúde de Vale de Cambra;
-confecção de compotas (figo, amora, marmelo e abóbora);
-preparação de salada de fruta;
-concurso de desenho
-realização da «IV FEIRINHA BIO».
-pintura de telas e suportes para as pegas.
A história que a Sr.ª enfermeira mostrou e os seus ensinamentos foram muito interessantes.
As compotas de figo e de amora que fizemos e que
comemos com tostas, estavam deliciosas.
Fizemos a salada de fruta com maçã, pêra, banana, manga, pêssego, romã, kiwi e laranja. Comemos muita salada porque estava saborosíssima.
As telas que pintámos ficaram muito bonitas e coloridas. Umas têm paisagens, outras têm frutos e outras têm motivos de Outono.
Os suportes para as pegas ou para os panos da cozinha, foram feitos em madeira com o feitio de maçãs, peras e morangos que nós tão bem pintámos.
Todos os alunos da escola fizeram uma “obra” para o concurso de desenho. Havia desenhos muito bonitos. Foram observados por um júri e os prémios aos alunos vencedores foram entregues durante a feirinha. Os trabalhos escolhidos foram: do 1º ano, o da Gabriela; do 2º ano, o da Diana; do 3º ano, o do Guilherme e do 4º ano, foi o da Inês Nunes. Cada um dos alunos premiados recebeu um estojo de material de pintura.
A “IV Feirinha Bio” teve produtos muito variados e, de entre eles, destacam-se: as compotas, as frutas, os legumes, os animais vivos, as telas e outras obras de arte, as guloseimas caseiras, a bijutaria e os arranjos florais.
Nós fomos os vendedores e aprendemos muito. Fizemos pesagens, calculámos os preços, recebemos o dinheiro e demos o troco. Foi uma grande aula de Matemática.
A feirinha foi muito visitada, tanto pelos nossos familiares como por pessoas que nada tinham a ver com a nossa escola mas porque leram a notícia no jornal “A Voz de Cambra”.
A Semana da Alimentação foi um sucesso.


Agradecemos a colaboração de todos os que nos ajudaram a realizar “A Semana da Alimentação”.

19 de outubro de 2010

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO

Estamos a comemorar de 18 a 22 de Outubro, na nossa Escola,a Semana da Alimentação.
Hoje tivemos a Sra Enfermeira Sónia do Centro de Saúde de Vale de Cambra para nos esclarecer melhor sobre alguns temas:
- alimentação saudável;
- Obesidade infantil;
- dentição.

Ouvimos uma história e vimos as imagens dessa mesma história.
No fim, a Sra enfermeira respondeu a muitas perguntas que os alunos lhe fizeram.

Agradecemos à Sra enfermeira e ao Centro de Saúde pela colaboração neste tema.





A compota de figo está deliciosa

Ontem estivemos a fazer compota de figos.
Uns alunos trouxeram figos, outros trouxeram açúcar e muitos trouxeram os frasquinhos para guardar a compota.
A receita para a nossa compota foi:
1 kg de figos
0,750 kg de açúcar
Casca de limão q. b.
As etapas da compota foram:
.preparação dos utensílios;
.limpeza e corte dos figos;
.pesagem dos ingredientes;
.mistura de todos os ingredientes na panela;
.cozedura;
.saborear o cheirinho;
.provar a compota;
.embalagem;
.etiquetagem e enfeite das embalagens.
Já provámos a compota e estava deliciosa.
A compota é para vender na nossa “ IV Feirinha Bio” para comemoração do Dia da Alimentação. A feirinha realizar-se -á no dia 22 de Outubro na nossa escola.
Convidamos todas as pessoas a visitar-nos e a comprar os produtos que teremos expostos.





Os alunos da turma e a professora

8 de outubro de 2010

ANIVERSARIANTES DE OUTUBRO


O PEDRO e o MIGUEL fazem anos este mês. Os colegas e a professora dão-lhes os parabéns.

30 de setembro de 2010

SETEMBRO E OS SEUS PROVÉRBIOS





TRABALHO DE PESQUISA COLECTIVA

Em Setembro, ardem os montes e secam as fontes.
Setembro, ou seca as fontes ou leva as pontes.
Setembro molhado, figo estragado.
Setembro, cara de poucos amigos e manhã de figos.
Setembro a comer e a colher.
Corra o ano como for, haja em Agosto e Setembro, calor.
Agosto tem a culpa e Setembro leva a fruta.
Agosto a debulhar e Setembro a vindimar.
Agosto madura e Setembro vindima.
Pelo S. Mateus, não peças chuva a Deus.
Pelo S. Mateus, pega nos bois e lavra com Deus.
Pelo S. Mateus, fecha a porta e vai com Deus.
Quando não chove depois de S. Mateus, é milagre de Deus.
No S. Mateus, vindimam os sisudos e semeiam os sandeus.
Para que o ano não vá mal, hão-de encher os rios entre o S. Mateus e o Natal.
Lua nova setembrina, sete luas domina.
Chuvas verdadeiras, em Setembro as primeiras.
Setembro que enche o celeiro, dá triunfo ao rendeiro.
Em Setembro, planta, colhe e cava que é mês para tudo.
Setembro a acabar e as flores a hibernar.
Nuvem em Setembro, chuva em Novembro e neve em Dezembro.
Se por acaso a cigarra cantar, não compres trigo para vires a guardar.

27 de setembro de 2010

PARABÉNS AOS ANIVERSARIANTES DE SETEMBRO



No mês de Setembro, os aniversariantes desta turma são: o GUSTAVO, a INÊS NUNES e o GASPAR.

PARABÉNS PARA ELES.


Mande para um Amigo



É bom voltar a esta escola e ter a mesma professora - Francisco
É bom voltar a ver os amigos e os colegas – Daniela
É bom ver alunos novos na escola – Hugo
É bom estrear os cadernos novos – Inês Brandão
É bom ver a professora a escrever coisas novas no quadro – Mariana Dias
É bom estarmos no 4º ano e sermos os finalistas da escola – Ricardo
É bom aprender matérias novas e fazer tarefas diferentes – Mariana Filipa
É bom ouvir a professora dizer que temos um ano cheio de projectos – João
É bom comemorar a Semana da Alimentação – Soraia
É bom saber que o nosso blog é visto noutros países.

Beijinhos da turma do 3º e 4º ano

9 de setembro de 2010

BOM ANO DE 2010 / 2011

NOVIDADES


Reunião com encarregados de educação: 10 de Setembro, às 9 horas


Início das actividades lectivas: 13 de Setembro



Recados Para Orkut

Faça o inusitado! Envie recados de Boas Vindas!

3 de julho de 2010

BOAS FÉRIAS




As férias servem para descansar das actividades que se fazem no dia a dia.

A todos os meus alunos e familiares, desejo umas óptimas férias na praia, na serra ou em casa.

21 de junho de 2010



Mande para um Amigo


ENTREGA DAS AVALIAÇÕES:

24 DE JUNHO/2010

DAS 14 às 18 HORAS

20 de junho de 2010

PARABÉNS AOS 29 FINALISTAS DE MACINHATA



MENSAGEM AOS FINALISTAS

Muitas saudades vamos ter,
Destes colegas que já são doutores,
Tal como eles, queremos aprender,
E receber tais valores.

Saídes com uma cartola,
E outras coisas ides aprender.
Nunca se esqueçam desta escola,
Que vos ajudou a crescer.

Vinde cá de vez em quando,
Para notícias nos dar,
Queremos saber como vão
E se continuam a estudar.

Foram professoras a ensinar,
Mães e amigas a acarinhar.
Nunca esqueçais este lugar.
Vinde-as cá visitar.

Professora e alunos do 3º ano

FESTA DE ENCERRAMENTO DO ANO LECTIVO

19 de junho de 2010

FLORES DO MEU JARDIM







No dia 17 deste mês, os onze alunos do Jardim de Infãncia de Macinhata que vêm para o 1º ciclo no próximo ano, vieram fazer-nos uma visita, integrada no projecto "AS FLORES DO NOSSO JARDIM".

Os "pequeninos" foram conhecer todas as salas e turmas da nossa escola,fizeram recortes,ouviram uma poesia e assistiram à projecção de uma história " O RATINHO CORAJOSO", que foi lida por vários alunos.Os alunos do 2º e 3º anos,dedicaram-lhes um poema. Houve lanche para todos e este momento foi de grande confraternização. No final, receberam um certificado e uma flor colorida feita pelos nossos alunos para assinalar esta data
.

SEMANA CULTURAL DE S. PEDRO DE CASTELÕES

video

Integrado na XVIII Semana Cultural de S. Pedro de Castelões, houve o torneio de futebol inter-escolas que começou no passado dia 8 e terminou a 16 de Junho. A equipa da nossa escola está de parabéns pelo desportivismo e pelos bons golos marcados ao longo do campeonato.
Classificaram-se em 1º lugar.
Foram os campeões deste ano.

16 de junho de 2010

VISITA DE ESTUDO - 9 de JUNHO

VISITA DE ESTUDO - 9 de JUNHO

Opinião dos alunos

-Esta visita de estudo foi diferente das outras. – Soraia
-Foi muito interessante, divertida e engraçada. – Mariana Dias
-No fim do almoço, fomos ver o shopping. – Gustavo
- O filme Astro Boy foi engraçado. – José
-Vimos as caves onde armazenam o Vinho do Porto. – Hugo
-Aprendemos a lenda da capela do Sr. da Pedra. – M. Dias
- Foi muito divertido ir à praia, andar a pé pelo passadiço e brincar na areia. Estivemos muito alegres. – Daniela
-Passámos por sítios bonitos e interessantes, quando íamos no autocarro - (rio Douro, barcos rabelos, ponte D. Luís I …) – Francisco
-Corremos, saltámos e demos cambalhotas pelas dunas abaixo... – Pedro
-Vimos na margem do rio Douro, as casas típicas e muito coloridas que são património da Humanidade. – Inês Nunes
-Ainda bem que veio chuva e a viagem foi mudada. – Miguel
-Gostámos muito de ir comer ao McDonald’s. – Ricardo
-Foi um dia muito divertido e diferente. - Rosa

11 de junho de 2010

DIA DE PORTUGAL - DE CAMÕES...




No dia 10 de Junho celebramos o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.
O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é pois um tributo à data do falecimento de Luís Vaz de Camões em 1580, é utilizada para relembrar os feitos passados do povo lusitano e também os milhões de Portugueses que vivem fora do seu país natal.

Quando nasceu este feriado?
O 10 de Junho nasceu com a República quando Lisboa escolheu para feriado municipal o 10 de Junho, em honra de Camões.
Camões representava o génio da pátria, representava Portugal na sua dimensão mais esplendorosa e mais genial e era este o significado que os republicanos atribuíam ao 10 de Junho.

O 10 de Junho, dia de Camões, começou a ser festejado a nível nacional com o Estado Novo, um regime instituído em Portugal em 1933, sob a direcção de António de Oliveira Salazar.